Financiamento imobiliário em sete passos: como realizar o sonho da casa própria

Como aprovar o financiamento imobiliárioo

Quem quer realizar o sonho da casa própria sabe que é importante contar com a aprovação de crédito imobiliário para que seja possível comprar o imóvel a prazo.

O processo de solicitação de crédito imobiliário pode ser complexo, principalmente para quem não sabe como funciona.

Neste texto, explicamos os sete passos que você deve seguir para ter mais chances de ser aprovado no financiamento imobiliário.

Leia o artigo até o fim para conferir.

Como funciona um financiamento imobiliário?

O financiamento imobiliário é uma linha de crédito específica para aqueles que desejam comprar uma casa ou um apartamento e não têm o dinheiro para efetuar o pagamento à vista.

Geralmente, por meio do crédito imobiliário é possível cobrir 80% do valor total do imóvel, e o comprador tem até 35 anos para pagar o financiamento em parcelas que não costumam passar de 30% de sua renda mensal. Além disso, é necessário o pagamento de um valor de entrada, que vai depender de cada banco e imóvel.

Esse tipo de financiamento pode ser utilizado também para a construção de imóveis, reformas de casas e apartamentos ou até mesmo para a finalização de uma obra que já tenha sido iniciada.

Principais fatores para análise e aprovação de crédito

Toda instituição financeira faz uma análise detalhada dos dados do solicitante para avaliar se vai ou não conceder o crédito.

Muitos pontos são avaliados, o que torna o processo muito burocrático. Por isso, selecionamos três fatores que podem definir se o crédito será concedido.

1. Histórico de consumo

A quitação de parcelas provenientes de outros empréstimos e de faturas de cartões de crédito é um fator determinante. Estar em dia com seus compromissos financeiros é um ponto positivo para a análise do novo crédito.

2. Renda

Para evitar a inadimplência, as instituições costumam determinar que no máximo 30% da renda familiar mensal fique comprometida com as parcelas.

Por isso, é importante comprovar que o impacto do valor das prestações do crédito não será prejudicial para a sua renda.

3. Vínculo profissional

Como sinal de garantia de que o comprador terá condições de arcar com a dívida adquirida, as instituições avaliam o histórico de vínculos empregatícios do solicitante. Além de comprovar a renda, aqueles com mais estabilidade profissional têm mais chances de conseguir crédito imobiliário.

Sete passos para ter mais chances de ser aprovado no financiamento imobiliário

Todo o processo de solicitação e análise de crédito pode ser demorado se o solicitante não tiver conhecimento sobre o que precisa fazer para ser avaliado.

Selecionamos sete passos que podem ajudar a aumentar as suas chances de ser beneficiado com o crédito imobiliário.

1. Organize os seus documentos 

Verifique regularmente a situação do seu CPF para garantir que esteja tudo dentro dos conformes quando fizer a solicitação do crédito. Caso tenha alguma dívida, quite-a o quanto antes.

Reúna toda a documentação que um processo burocrático como esse exige. Isso diminui a necessidade de providenciar documentos de última hora, e, se for o caso, reduz a quantidade de possíveis solicitações.

Documentos

  • CPF
  • RG
  • Comprovante de renda
  • Comprovante de estado civil
  • Declaração de imposto de renda
  • Carteira de trabalho
  • Certidão de nascimento (solteiro)
  • Certidão de casamento (união estável ou casado)

2. Mantenha um bom relacionamento com o banco

Para elevar as chances de ter o empréstimo imobiliário autorizado, é importante manter uma relação saudável com a instituição financeira.

Pesquise quais são os bancos que proporcionam as melhores condições para essa linha de crédito e inicie um relacionamento antes de fazer qualquer solicitação de empréstimo.

3. Tenha conta em seu nome

Para se relacionar com o banco, é importante ter uma conta. Mas não é só isso. É preciso movimentar essa conta e mantê-la sempre ativa, visto que é mais fácil solicitar crédito na mesma instituição em que a conta foi aberta.

4. Tenha vínculo empregatício

A instituição financeira vai avaliar se o solicitante tem condições de arcar com as parcelas. Por isso, o histórico do vínculo empregatício pode ser um grande aliado.

Quanto mais tempo de carteira assinada, melhor para que trabalhadores formais consigam ter o crédito aprovado.

5. Regularize a sua empresa

Caso seja trabalhador autônomo, é importante se tornar um Microempreendedor Individual (MEI), pois essa é a formatação jurídica de quem trabalha por conta própria.

Dentro da formalidade, é possível abrir contas específicas para essa modalidade e ter acesso facilitado a linhas de crédito, inclusive para a compra de imóveis.

6. Aumente o seu score de crédito

Realize o máximo possível de compras à vista, mantenha o pagamento das suas contas fixas em dia e, principalmente, evite atrasar ou não pagar faturas de cartões de crédito.

É importante manter regulares as suas inscrições no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa.

Esses processos fazem com que o seu nome fique livre de restrições.

7. Junte o valor da entrada

Ter uma boa quantia para dar entrada no imóvel faz com que o processo seja um pouco menos burocrático. Quanto maior for a entrada, menor será o valor do financiamento.

As instituições financeiras geralmente analisam de forma positiva os solicitantes de crédito imobiliário que já têm uma quantia significativa para custear a entrada.

FGTS no financiamento imobiliário: saiba quando e como utilizar

É possível realizar o sonho da casa própria utilizando o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) como entrada do financiamento, para pagar algumas parcelas ou para amortizar o saldo devedor.

Todos os trabalhadores que estejam dentro de um regime formal, assim como trabalhadores rurais, domésticos, atletas profissionais e demais categorias que se enquadrem nesse requisito podem usar o FGTS no processo de aquisição do imóvel próprio.

No entanto, a Caixa Econômica Federal determina algumas condições:

  • É necessário ter pelo menos três anos de carteira assinada
  • O trabalhador deve trabalhar ou morar na mesma cidade em que o imóvel for comprado
  • O imóvel adquirido deve ser utilizado como moradia do comprador
  • O solicitante não pode ter nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH)
  • O contrato de compra do imovel deve ser feito dentro do SFH

Procurando apartamento para morar? Conheça as nossas opções

O processo de solicitação de financiamento imobiliário também envolve a construtora, pois a instituição financeira exige uma avaliação do imóvel, o que geralmente gera custo para o solicitante.

Por isso, é muito importante escolher imóveis projetados por construtoras de confiança e que tenham experiência no mercado.

Em Campina Grande, a Wanderley Construções se destaca pelos 33.000 m² distribuídos em mais de 610 unidades habitacionais construídas. São mais de dez anos desenvolvendo e executando projetos de qualidade e entregando a casa própria para centenas de famílias.

Um dos excelentes empreendimentos da Wanderley é o Ares de Cruzeiro, que fica localizado no Cruzeiro, bairro que se destaca devido ao seu crescimento comercial e empresarial. Ideal para famílias em busca de boa estrutura, pois cada apartamento do Ares de Cruzeiro conta com dois quartos, banheiro social, salas de estar e jantar integradas, cozinha e área de serviço integradas, e o apartamento do tipo Townhouse também conta com uma área privativa externa. 

Além disso, os moradores podem desfrutar das piscinas, espaço gourmet privativo (o Espaço Chef), salão de jogos, quadra poliesportiva, entre outros espaços.

O Connect Residence é também uma boa opção para quem busca por conforto e segurança. Esse empreendimento expressa uma das marcas mais importantes da Wanderley Construções: a preocupação com o desenvolvimento de projetos sustentáveis, pois possui um sistema inteligente de reutilização de água. 

Coworking do Connect Residence
Coworking do Connect Residence

Localizado no loteamento Bento Figueiredo, o Connect Residence conta com diferenciais como espaço de coworking e praça de conveniência. Os apartamentos têm dois quartos, banheiro social, salas de estar e jantar integradas, cozinha e área de serviço integradas.

Para mais informações, entre em contato conosco pelo nosso site.

Até a próxima!

Gostou deste artigo? Então, confira outros títulos em nosso blog

x

Simulador de financiamento


1
2
3
4
5

Selecione a sua cidade

© 2021 - Todos os direitos reservados