Subsídio habitacional: saiba tudo sobre essa modalidade de crédito

subsídio habitacional

Ter o próprio imóvel sempre foi a vontade de milhares de brasileiros; entretanto, realizar esse desejo nem sempre é tão fácil. Isso acontece devido aos valores, que, muitas vezes, estão acima dos orçamentos dos interessados.

Em vista disso, atualmente existem programas do governo que oferecem subsídio habitacional. Pensando em ajudar famílias que têm uma renda baixa, esse tipo de programa visa à liberação de valores que ajudam no financiamento de casas e apartamentos.

Neste artigo, falaremos sobre o que é subsídio habitacional, como funciona, quais são os principais programas de acesso e como calculá-lo. Acompanhe!

O que é subsídio habitacional?

O subsídio habitacional consiste em um valor liberado pelo governo federal com o objetivo de ajudar famílias que contam com uma renda baixa a realizar a compra da casa própria.

Ao utilizar o subsídio na aquisição do imóvel, há uma diminuição do valor das parcelas mensais, variando de acordo com cada caso.

Supondo que uma pessoa financie um imóvel de R$ 122 mil com o subsídio de R$ 30 mil. Ao final, o imóvel sairá por R$ 92 mil para o comprador, pois o valor aplicado pelo governo é subtraído do valor total do imóvel.

O subsídio habitacional pode ser usado por meio de vários programas, como o Casa Verde e Amarela e o Programa Nossa Casa.

Esse tipo de programa só atende a aquisição de casas?

Não!

O subsídio habitacional do governo federal pode ser usado tanto no financiamento de casas quanto de apartamentos, tudo depende da avaliação do cliente e da disponibilidade dos imóveis.

É necessário devolver o dinheiro do subsídio habitacional?

Não!

Após a aquisição do imóvel e do pagamento do valor restante, não é necessário devolver o subsídio habitacional, pois o programa atua como uma ajuda, não como uma forma de empréstimo.

Como o subsídio habitacional funciona?

Para ter direito ao subsídio habitacional, a família interessada passará por uma análise. Um dos pontos mais importantes examinados é a renda dos integrantes da família.

Nesse quesito, quanto menor for a renda comprovada da família, maior será o valor do benefício. Vale ressaltar que o programa contempla apenas a compra de um único imóvel por família.

O valor do subsídio também pode variar de acordo com a região onde vive o interessado e onde fica o imóvel. Há também um teto máximo do valor do imóvel.

Quais são as vantagens do subsídio habitacional?

O subsídio pode ser muito vantajoso para as famílias. A seguir, veja os principais pontos.

Descontos no valor do imóvel

Sem dúvida, um dos maiores benefícios do subsídio é o desconto no valor final do imóvel, que facilita a compra da casa própria. Vale ressaltar que a redução é aplicada ao longo das parcelas.

Pagamento em menos tempo

Com os descontos, as famílias podem reduzir o número de parcelas, fazendo com que o pagamento seja finalizado em menos tempo.

Taxas de juros

Outra vantagem oferecida pelo subsídio habitacional é que as taxas de juros são menores do que se fossem pagas por programas de financiamento, por exemplo.

Quem tem direito ao subsídio habitacional?

Para conseguir o subsídio, é necessário atender a algumas características. No geral, é importante que o solicitante atenda aos seguintes pré-requisitos:

  • Ter idade mínima de 18 anos
  • Não ter nenhuma restrição nos programas de proteção ao crédito 
  • Ser brasileiro ou naturalizado no país
  • Não ter nenhum financiamento de imóvel anterior
  • Não ter vínculo com nenhum outro programa de habitação

Casa Verde e Amarela: saiba mais sobre o subsídio habitacional do governo federal

Iniciado em 2020, o programa Casa Verde e Amarela visa ser um facilitador para quem busca subsídio habitacional. Lançado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), o programa é um sucessor do Minha Casa Minha Vida.

O programa objetiva ajudar 1,6 milhão de pessoas, com 350 mil novas residências até 2024. Para isso, ele vai reduzir taxas de juros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e mudar as regras da remuneração do agente financeiro, ou seja, a Caixa Econômica Federal.

Para algumas regiões do Brasil, como Norte e Nordeste, os subsídios habitacionais terão redução nas taxas de até 0,5 ponto percentual para famílias com renda de até R$ 2 mil reais por mês.

Qualquer pessoa tem direito?

Não!

O subsídio do Programa Casa Verde e Amarela se destina a pessoas com renda mensal máxima de até R$ 7 mil. Para pessoas que vivem na zona rural, o teto de rendimento por ano deve ser de R$ 84 mil.

Além disso, o programa foca em atender pessoas em situações de vulnerabilidade social, tais como famílias chefiadas por mulheres e que tenham pessoas com deficiência, idosos, crianças ou adolescentes, além, claro, de outras características, como idade e não ter participado de outros programas.

Existem outros programas de subsídio?

Além do Casa Verde e Amarela, existem outros programas de subsídio habitacional que visam ajudar famílias de baixa renda. Eles podem ser de alcance municipal, estadual e federal.

Um deles é o Parceiros da Habitação, projeto de subsídio que auxilia moradores do estado da Paraíba. 

Cada programa de subsídio habitacional tem sua particularidade com relação às regras e a quem pode se beneficiar, portanto é muito importante se informar com mais detalhes na sua cidade. 

Confira o simulador de subsídio habitacional

Para quem tem dúvidas sobre o valor que pode receber do programa, uma dica é usar o simulador de subsídio. Essa ferramenta ajuda na programação para quem quer se planejar e adquirir a casa própria.

Você pode utilizar o Simulador Habitacional Caixa, da Caixa Econômica Federal. No site, é necessário preencher um cadastro com alguns dados para que o sistema possa simular o subsídio habitacional. Algumas informações solicitadas são:

  • Tipo do imóvel
  • Valor aproximado do imóvel
  • Cidade e estado onde está o imóvel
  • CPF
  • Número para contato
  • Renda bruta familiar

Essas são só algumas informações que podem ser solicitadas. Dados como tempo de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de relacionamento com a instituição financeira também podem ser pedidos.

Optar pelo subsídio pode ser bem vantajoso na hora de comprar o imóvel: como vimos anteriormente, além de taxas de juros menores, ele pode oferecer um desconto muito significativo.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco pelo nosso site.

Se você gostou deste artigo, confira outros títulos em nosso blog:

x

Simulador de financiamento


1
2
3
4
5

Selecione a sua cidade

© 2021 - Todos os direitos reservados