Como-juntar-dinheiro-para-comprar-um-apartamento

Como juntar dinheiro para comprar um apartamento mais rápido?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Descobrir como juntar dinheiro para comprar um apartamento é o primeiro passo em direção ao sonho de conquistar um imóvel para chamar de seu.

Atualmente, cerca de 13,3 milhões de brasileiros moram de aluguel, mas muitos têm o sonho de conquistar uma residência própria e não sabem por onde começar.

Neste artigo, trouxemos tudo o que você precisa saber sobre como juntar dinheiro para comprar um apartamento mais rápido e sem se endividar.

Boa leitura!

É melhor comprar um imóvel à vista ou a prazo?

Comprar à vista ou financiar são as duas opções mais comuns para quem deseja adquirir um imóvel.

Mas qual seria a melhor?

Segundo economistas, pagar uma residên cia à vista é sempre a melhor opção, devido a três fatores:

  • Economia: você não precisa arcar com os custos da taxa de juros 
  • Burocracia: adquirir um imóvel à vista, em geral, exige menos procedimentos e você se muda mais rapidamente
  • Desconto: com o dinheiro em mãos, você consegue barganhar com o vendedor

Contudo, não é todo mundo que dispõe de uma alta quantia disponível para comprar um imóvel — ainda mais se a pessoa morar de aluguel.

Nesse sentido, o financiamento pode ser uma boa opção, porque você consegue dar um valor de entrada e depois pagar parcelado.

Além disso, no momento, a taxa de juros está baixa em comparação a outras épocas, então pagar a prazo pode valer até mais a pena que morar de aluguel.

Escolha a alternativa que melhor se adequa à sua realidade, mas saiba que, de qualquer forma, você deve se planejar financeiramente.

O planejamento financeiro é o melhor amigo de quem deseja ter o imóvel próprio

Hoje, quase 66,5% da população está endividada e um dos principais fatores para esse quadro assustador é a falta de planejamento financeiro com gastos — e quando estamos falando de adquirir um imóvel, os gastos não são pequenos.

Além do alto custo aquisitivo do imóvel, ainda há gastos com mudança e reforma, que podem gerar uma despesa muito maior que a prevista.

Por isso, esse tipo de aquisição precisa acompanhar uma boa organização de dinheiro para que você não fique cheio de dívidas.

Logo, se você decidiu se mudar, é a hora de pegar um papel ou uma planilha e computar toda sua vida financeira: dívidas, renda mensal, gastos etc.

6 dicas de como juntar dinheiro para comprar um apartamento

Como juntar dinheiro para comprar um apartamento à vista ou dar entrada em um imóvel financiado não é algo comumente ensinado nas escolas ou na faculdade, então, muita gente fica perdida ou acredita ser impossível juntar uma quantia tão elevada. 

Por isso, trouxemos 6 dicas que podem ajudar você a saber como juntar dinheiro para comprar um apartamento só seu. Confira:

1. Organize suas finanças

Como anda sua relação com o dinheiro?

O planejamento financeiro é o primeiro passo para comprar um imóvel próprio e sem contrair grandes dívidas.

Portanto, separe um tempo para analisar suas despesas e seus ganhos mensais.

De preferência, seja bem detalhista: compute desde a conta de luz até o seu gasto diário com coxinha.

2. Guarde uma parcela da sua renda

Organizou suas finanças? Agora, é o momento de decidir quanto guardar por mês para comprar um apartamento.

Esse valor é individual e depende da renda de cada um.

Após retirar todas as suas despesas e os custos de vida (inclua uma parcela para o lazer), quanto sobra? Esse será o valor direcionado para a aquisição do imóvel.

Contudo, se precisar de uma referência, direcione 30% da sua renda para esse fim.

Por exemplo, você ganha R$ 2.000, você deve guardar R$ 600 da sua renda todo mês.

3. Trace uma meta

Para se basear, pesquise o valor estimado do apartamento com as características e a localização que você deseja.

Em seguida, divida o preço do imóvel pelo valor disponível por mês para adquirir uma residência e multiplique-o por 12 – então você saberá em quanto tempo você atingirá o valor.

É o seguinte cálculo:

Por exemplo, você quer um imóvel de R$ 90.000 e guarda R$ 600; então, você conseguirá comprar à vista em 12 anos e meio. Se for dar apenas 20% da entrada de um financiamento e pagar as parcelas, seriam R$ 18.000 e, portanto, 2 anos e meio.

Com isso, você consegue estipular uma meta, como: “preciso guardar R$ 600 todo mês para ir morar em meu apartamento em X tempo”.

4. Quite dívidas

Se você tem dívidas sugando seu dinheiro, busque quitá-las o mais rapidamente possível.

O custo de apartamento já é bem grande, portanto, se você ainda tiver dívidas acumulando juros em conjunto, será bem complicado manter sua saúde financeira.

Além disso, caso seu nome ainda esteja sujo, suas oportunidades de financiamento serão restritas.

5. Controle seus gastos

Demos a sugestão de guardar 30% ao mês para adquirir seu imóvel, mas quanto mais você conseguir juntar, melhor.

É válido analisar seus gastos e buscar reduzir seus custos para juntar o valor mais rápido.

6. Faça dinheiro extra

Uma boa dica de como juntar dinheiro para comprar um apartamento mais rapidamente é encontrar alguma alternativa para aumentar sua renda mensal.

Fazer uma renda extra é uma excelente alternativa para conseguir economizar mais e dar uma entrada maior sem comprometer seu orçamento e ainda conseguir pagar o seu imóvel à vista em um tempo menor.

Quais são as opções de financiamento para comprar imóvel?

Atualmente, existem diversas opções no mercado para que você saiba como comprar um apartamento com pouco dinheiro, opções que variam de acordo com o seu perfil e a sua situação financeira.

Confira algumas opções populares:

Financiamento pela Caixa

A Caixa oferece uma das linhas de financiamento mais baratas do mercado e quatro opções para atender cada necessidade: imóvel novo ou usado, construção, habitação social e imóvel comercial.

Você pode, inclusive, fazer sua simulação aqui.

Minha Casa Minha Vida e o novo Casa Verde e Amarela

A Caixa também fornece o programa Casa Verde e Amarela, o antigo Minha Casa Minha Vida, que é uma modalidade bem conhecida, que atende famílias com renda de até R$ 4.000,00.

Nesse financiamento, o governo arca com uma parte dos recursos da compra.

Financiamento imobiliário em outros bancos

Outros bancos, como Bradesco e Santander, também oferecem opções de financiamento — cada um com os seus respectivos requisitos.

Essas instituições financeiras são ótimas, sobretudo se você quiser um imóvel mais caro e tiver um emprego estável, porque você consegue descontos com mais facilidade.

Financiamento com a construtora

Se você pretende quitar o financiamento em pouco tempo, fazê-lo com a construtora pode ser uma boa opção. A entrada é menor que a dos bancos e você ainda consegue adquirir o apartamento na planta ou em construção.

Conheça os empreendimentos da Wanderley Construções em Campina Grande e saia já do aluguel

A Wanderley Construções oferece ótimas condições para quem deseja sair do aluguel e conquistar o seu apartamento próprio.

Entregamos conforto, segurança e comodidade nos nossos imóveis há mais de 10 anos. Confira alguns deles:

Buscar um artigo
Receba conteúdos exclusivos

Cadastre-se para receber notícias em primeira mão

Posts Relacionados

Wanderley Construções

Precisamos dos dados abaixo para dar continuidade ao atendimento:

A Wanderley Construções não irá utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM. Nos comprometemos a usar as informações apenas para dar continuidade ao atendimento iniciado por você através do formulário acima preenchido.

Preencha o formulário
e entre em contato!

Garanta já o seu apartamento certificado com o Selo Casa Azul CAIXA. Viva com qualidade, contribua para o meio ambiente e transforme seu estilo de vida!

Wanderley Construções

online

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp:

Pré-cadastro


1
2
3
4
5

Selecione a sua cidade